Israel: a Nação das startups

Como transformar desertos áridos em campos prósperos e as adversidades em oportunidades? Na primeira palestra do 6° Seminário Internacional de Excelência Empresarial do SESCON-SP, que está sendo realizado esta semana em Israel, os participantes puderam entender como o país do Oriente Médio venceu obstáculos de escassez de recursos, políticos e de guerra e desenvolveu um dos ecossistemas de inovação e empreendedorismo mais eficientes do mundo.

Na palestra “Raízes da Inovação”, realizado nesta terça-feira, 13 de setembro, o Dr. Amir Guttman, da Escola de Negócios Arison, da Universidade Reichman, parceira educacional do evento, explicou que o país tem a educação e a formação de grupos discussão como pontos de partida para a inovação e criação de riqueza. Baseado na capacitação de pessoas e direcionamento ao pensamento inovador, na confiança e apoio do governo nas ideias e também no conhecimento profundo de suas características e potenciais, a nação hoje é considerada a nação das startups.

Guttman afirmou que o país construiu uma mentalidade cultural enraizada no pensar, e que os cidadãos não têm medo de correr riscos – já que eles fazem parte do jogo e não devem inibir as iniciativas – ou de falhas – que são encaradas como aprendizados contínuos.

A abertura do evento contou com mensagens da CEO e especialista em educação continuada da instituição anfitriã, Gali Shahar Efrat, que deu boas-vindas à comitiva brasileira, e do presidente do Sescon-SP, Carlos Alberto Baptistão, que falou sobre a alegria da entidade em realizar um evento diferenciado que viabiliza experiências únicas aos empresários contábeis.

Seja um Associado SESCON-SPCarteirinha de Associado
1